• image1
  • image1
A ACADEMIA
A Região - Almeirim

Almeirim é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito de Santarém (capital do Ribatejo), com cerca de 12.810 habitantes. É sede de um município com 222,12 km² de área e 23.376 habitantes (2011), subdividido em 4 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Alpiarça, a leste e nordeste pela Chamusca, a sul por Coruche e Salvaterra de Magos, a oeste pelo Cartaxo e a noroeste por Santarém.

Almeirim – O Berço da Tauromaquia
Extraído de ‘O espírito de Almeirim’ escrito pelo ilustre Almeirinense José J. Lima Monteiro Andrade.

img_hist_toiradas.jpg
"Para as suas demonstrações de perícia equestre e também como demonstração dos jovens fidalgos que estariam habilitados aos serviços do reino, D. Duarte fez renascer o hábito ancestral de lancear toiros em recinto fechado.


As mais antigas crónicas de festejos tauromáquicos remontam ao ano de 1147, onde participam nobres do partido de D. Afonso Henriques, narrados no Livro “a História da Toiradas” de Eduardo Noronha e também em gravuras de Roque Gameiro.

O Príncipe D. Duarte fez renascer essa ancestral tradição.

Seu parente D. João I de Castela, entusiasmou-se também com esta actividade e promoveu-a no seu território. A tauromaquia espanhola considera precisamente este Rei como o fundador da tauromaquia ancestral, que se praticava antes da tauromaquia moderna, mas que lhe deu origem como a principal espectáculo popular do país vizinho, hoje em dia apenas ultrapassado em número de espectadores anuais, pelo futebol.

D. Duarte actuou em muitos festejos organizados pelo Rei Castelhano.

Com essas actuações ganhou enorme prestígio como cavaleiro exímio e homem de grande coragem.

Os toiros selvagens que existiam na Coutada real de Almeirim, eram assim cercados e trazidos para junto do Paço.

Aí se procediam aos treinos dos fidalgos e do Príncipe D. Duarte.

Almeirim foi assim o berço da tauromaquia que a partir de D. Duarte não mais deixou de ser uma actividade de grande popularidade.

Mas não foi apenas da Tauromaquia, mas também da criação e selecção dos toiros bravos para os festejos. Noutro capítulo voltaremos a esta questão, mas desde já deixo a confirmação de que as primeiras ganadarias portuguesas a fazer a selecção de toiros bravos são instaladas precisamente nas montarias adjacentes à Coutada Real.

Esta circunstância de Almeirim ter condições impares para as práticas tauromáquicas, vai ter influência decisiva para acontecimentos históricos de enorme importância.

Basta referir que não foi uma circunstância de somenos na escolha de D. Sebastião, na sua decisão histórica de vir para o Paço de Almeirim e aqui instalar Corte e Tribunais e com isso, afirmar oficialmente Almeirim como a capital do reino."

fb  twitter li g  lin
destaque1
Cursos

CURSOS DE TOUREIO A CAVALO

A academia dispõe de diversos formatos de cursos, oferecendo aos alunos um vasto leque de opções na aprendizagem da prática de Toureio a Cavalo.


ver mais

destaque1
Referências

ANTÓNIO D'ALMEIDA

É um dos destaques e referências da Academia pelo seu trajecto, tendo triunfado em várias praças de Portugal, Espanha e França.
O momento do seu doutoramento chegou em Junho de 2015.


ver mais

Notícias

ver mais

ACADEMIA DE TOUREIO A CAVALO JORGE D’ALMEIDA
Quinta da Padilha - Almeirim - PORTUGAL

> CONTACTE-NOSREGULAMENTO